Feeds:
Posts
Comentários

FOTO - Alessandra Nohvais

O espetáculo, inspirado na música Domingo no Parque, homenageia o artista baiano

 A Cia de Teatro O Cidadão de Papel já está na fase final de montagem do espetáculoDomingo no Parque, inspirado na música de mesmo nome, do cantor e compositor Gilberto Gil. A obra do artista baiano serve como pano de fundo para contar a história, em baianês, de três personagens divididos entre o amor e o ódio.

A peça fica em cartaz de 09 a 25 de Setembro de 2011, todas as sextas, sábados e domingos, no Café Teatro Sitorne, no bairro do Rio Vermelho, sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 20, a inteira.

A Cia traz uma proposta nova e inédita ao adaptar a música de Gil para o teatro, valorizando a dramaticidade que há na obra de um dos principais ícones da cultura brasileira.

Domingo no Parque conta a história de três jovens (José, João e Juliana) que se envolvem em um triângulo amoroso, que estimula a disputa dos dois rapazes pela bela jovem.  O desenrolar da história é seguido de muita emoção e humor.

A ideia é aproximar o público desses personagens e desse universo tão bem cantado por Gil que agora será encenado pelos atores Anderson Grillo (Filme Besouro e a peçaSe Acaso Você Chegasse), Leandro Rocha (Espetáculo Negreiros As Trôxas) e Marli Souza (Espetáculo Fome e As Replicantes).

A direção de Domingo no Parque é feita por Marcos Oliveira (O Cidadão de Papel e A Eleição). Além disso, o espetáculo conta com maquiagem de Marie Thauront, cenário de Yoshi Aguiar e figurino de Léo Terra.

A temporada integra o projeto Ação Formação da Sitorne Estúdio de Artes Cências, patrocinado pela Petrobras. Além disso, comemora 11 anos de existência da Cia.

SERVIÇO:

O quê? Espetáculo Domingo no Parque
Quando? De 09 a 25/09 (sextas, sábados e domingos),
Horário? As 20h
Local? Café Teatro Sitorne (Rua Deputado Cunha Bueno, nº 55, Rio Vermelho, 71 3347-7089)
Quanto? R$ 20 (inteira)

MAIS INFORMAÇÕES:

Produtor: Leandro Rocha / Telefone: (71) 8622-2519 / E-mail:leocidadao@yahoo.com.br

Assessoria de imprensa: Donminique Azevedo (71) 8254 2898 / E-mail:azevedo.dom@gmail.com

 http://espetaculodomingonoparque.blogspot.com/

Com o intuito de aproximar o público baiano da obra de João Ubaldo Ribeiro, a Quatro Produções Artísticas e a EBS Produções Culturais, em parceria com a Editora Objetiva, apresentam a exposição interativa O Farol de Cada Um, composta por todos os livros, tanto adulto quanto infantil, do escritor itaparicano. A mostra, com abertura marcada para 24/08 (quarta-feira), às 20 horas, no Espaço Cultural Barroquinha, contempla, também, fotos do processo de montagem do espetáculo Diário do Farol: onde as palavras se revelam inadequadas, das leituras dramáticas aos ensaios, passando pelas reuniões de figurino e maquiagem, momentos registrados pelo trio de fotógrafos Alexandre Moreira, Nilson Rocha e Ricardo Konká. A peça dirigida por Fernanda Paquelet estreia dia 01 de setembro, às 20 horas, no mesmo local. Finalizadas as apresentações em Salvador, cumpre temporada em São Paulo, a convite do produtor cultural baiano Erlon Bispo, no primeiro semestre do próximo ano, no Teatro Itália.

 

Serviço:

 O quêO Farol de Cada Um

Quando: 24/08 a 16/10;

Visitação: segunda a sexta: 9h às 18h

Sábado e domingo: 14h às 20h.

Onde: Espaço Cultural Barroquinha (Praça Castro Alves , s/nº – Barroquinha, acesso pela lateral do Espaço Unibanco)

Entrada gratuita

Classificação: livre

Informações: (71) 3498 6728

www.ofaroldecadaum.blospot.com

Um passeio pela Biblioteca Central 

Na semana em que a maior Biblioteca Pública do Estado comemora 200 anos, as repórteres Emília Oliveira e Marília Galvão desvendam seus espaços internos e o rico acervo de obras


Alice de Passagem reúne registros da fotógrafa durante quatro anos em viagens por nove países

Quatro anos de uma vida imprevista, amor, lembranças, anotações e curiosidades de um mundo de passagem refletidos em fotografia. Essa é uma síntese possível do livro Alice de Passagem (Editora Romanegra, R$ 40), que traz 115 páginas de paisagens, pessoas e expressões capturadas pela fotógrafa baiana Alice Ramos em viagens por nove países entre 2007 e 2011. A obra será lançada em 12 de agosto, na Livraria Cultura do Salvador Shopping, com sessão de autógrafos das 18h às 22h. Antes do lançamento, a autora ainda realiza o worshop Fotografando gente – Como você olha e registra as pessoas, das 15h às 18h, no Teatro Eva Herz, da mesma livraria.

Alice de Passagem, além de primeiro livro da autora, representa também seu primeiro trabalho profissional fora do estúdio, revelando uma Alice Ramos disposta a alçar novos vôos, longe do seu domínio entre as quatro paredes brancas. A ruptura com os padrões aconteceu quando, em 2007, a fotógrafa foi aconselhada por uma amiga astróloga a passar o aniversário em Amsterdam, capital da Holanda, depois do fim de uma relação amorosa. Apenas a primeira viagem entre muitas. No velho continente se encantou pelas paisagens e cenas e suas lentes foram atraídas a fotografar. Ali, as pessoas fotografadas já não estavam sob a sua direção, e Alice Ramos descobriu prazer em registrar também o espontâneo e imprevisto.

De volta ao Brasil foi aconselhada mais uma vez a viajar, dessa vez ao Panamá. Lá conheceu um novo amor e partiu rumo outros e novos lugares, registrando até 2011 suas passagens por Inglaterra, Espanha, Itália, França, Bélgica, Tailândia e também Brasil. Nesse meio tempo, em 2009, Alice Ramos foi selecionada pelo Governo do Estado da Bahia através do edital de apoio à publicação de ensaios fotográficos, o que transformou os registros de suas andanças no livro Alice de Passagem.

Sobre Alice Ramos – Fotógrafa especializada em gente, cores e texturas, Alice Ramos se destacou no meio artístico com trabalhos que questionam valores estéticos e sociais. Seu olhar sensível aliado ao domínio técnico da fotografia em estúdio lhe renderam o Prêmio Nacional de Fotografia da Funarte em 1997, com o projeto Redondamente Enganado, no qual desafio padrões da moda mostrando a sensualidade dos corpos volumosos de gordinhas nuas. Suas fotografias foram selecionadas para o acervo particular de Gilberto Chateaubriand, Coleção Pirelli/MASP, Museu Afro-Brasil e Museu da Fotografia da América Latina e suas exposições viajaram pelo Brasil, Holanda, EUA e França. Alice de Passagem chega para revelar uma nova etapa da vida e da carreira de Alice Ramos repletas de experiências e desafios pessoais e profissionais.

Sobre o workshop – Oferecido pela fotógrafa Alice Ramos, o workshop Fotografando gente – Como você olha e registra as pessoas é voltado para iniciantes e profissionais da fotografia que não sabem como interagir com modelos ou que querem ampliar as suas possibilidades de direção de pessoas. Através de dinâmicas teatrais, o workshop vai apresentar soluções para dominar a timidez e dicas de como estimular posturas expressivas, trabalhando de maneira lúdica o autoconhecimento, o entendimento de limites e a dificuldades de comunicação. Os interessados devem comparecer à Livraria Cultura do Salvador Shopping, a partir da 13h do dia 12 de agosto e trocar um quilo de alimento por uma senha. O workshop acontece no mesmo dia, das 15h às 18h, no espaço Teatro Eva Herz da livraria com vagas para 200 pessoas.

Serviço

Evento: Workshop Fotografando gente – Como você olha e registra as pessoas com a fotógrafa Alice Ramos
Local: Teatro Eva Herz, Livraria Cultura – Salvador Shopping
Horário: das 15 horas às 18 horas
Entrada: Um quilo de alimento não perecível

Evento: Lançamento do livro Alice de Passagem (Editora Romanegra, R$ 40) com sessão de autógrafos com Alice Ramos
Local: Livraria Cultura – Salvador Shopping
Horário: das 18 horas às 22 horas