Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 18 de agosto de 2010

As novas publicações correspondem a três exemplares da Coleção Nordestina — selo das editoras da região Nordeste filiadas à Associação Brasileira das Editoras Universitárias (Abeu) — e outros sete títulos do Lançamento Coletivo de obras de professores da UNEB.
As duas ações da UNEB acontecem dia 13 de agosto, às 17h30 (Coleção Nordestina) e 20h (Lançamento Coletivo), no espaço Café Literário Abeu. Os 10 novos títulos somados a outras 40 obras já publicadas pela editora ficarão expostos no estande da associação.
Desde sua filiação à Abeu, em 2006, a Eduneb participa da bienal de São Paulo. Nesta edição, vão participar do evento a diretora Nadja e a assessora da editora, Carla Honorato.
Segundo a Câmera Brasileira do Livro (CBL), que organiza o evento literário, a bienal de São Paulo é considerada o terceiro maior do gênero no mundo, ficando atrás apenas das feiras do livro de Frankfurt, na Alemanha, e de Turim, na Itália.
A previsão é de que mais de 700 mil pessoas visitem os estandes durante os 11 dias do evento, que reúne jornalistas, empresários, escritores, professores, estudantes e demais interessados.
A bienal paulista ocupa um espaço de aproximadamente 600 mil metros quadrados. Serão cerca de 350 expositores nacionais e internacionais, representando mais de 900 selos editoriais. Os ingressos poderão ser adquiridos na bilheteria da bienal, no Anhembi.
Mais informações no site www.uneb.br.
Serviço
O quê:
Eduneb lança 10 novos títulos no maior evento literário das Américas
Quando: dia 13 de agosto, às 17h30
Onde: no espaço Café Literário Abeu, em São Paulo

Read Full Post »

Adepto da tendência em arte de exibir a público montagens cênicas em processo de construção, o premiado ator, diretor e pesquisador Armindo Bião traz à cena o espetáculo musical de teatro de cordel A Gente Canta Padilha, a frente de numeroso elenco de intérpretes, no Teatro Martim Gonçalves (Escola de Teatro da UFBA, no Canela), de 26 de agosto a 5 de setembro, com apresentações de quinta-feira a domingo,  sempre às 20h, oferecendo entrada franca e distribuição de senhas a partir das 19h na bilheteria.
Em sua primeira temporada, de caráter experimental, A Gente Canta Padilha pretende abrir-se à conversação com o público, após cada apresentação, como parte de seu método de montagem cênico-musical e de seu perfil de pesquisa ao mesmo tempo histórica, literária e artística. O espetáculo que deve aceitar convite para apresentar-se no Festival de Guaramiranga, no Ceará, trata da possível transformação de uma personagem histórica do séc. XIV espanhol, Doña María de Padilla, na entidade da umbanda brasileira contemporânea, Maria Padilha.
Ao longo de oito quadros, a ação da peça acontece na atualidade e em outros momentos da história, passando por três continentes, Europa, África e América do Sul, especificamente pela Espanha, Portugal, França, Angola e Brasil. O mais antigo desses períodos históricos é o do século XIV, com a dramatização de fatos passados no então reino de Castela e Leão, particularmente na cidade andalusa de Sevilha.
Em seguida, tendo como referência os séculos XV e XVI, ocorre a teatralização de narrativas cantadas do romancero viejo español. Os séculos XVII e XVIII são abordados com a encenação de fragmentos de autos-da-fé da Inquisição na península ibérica e seu alcance até Angola e Brasil. O século XIX é tratado com trechos da famosa ópera Carmen, baseada na novela de Prosper Mérimée, e uma referência poético-musical de Victor Hugo. Já o século XX é encenado com a adaptação teatral do folheto de cordel O encontro de Lampião com a Negra De Um Peito Só, de José Costa Leite.
Serviço:
Espetáculo musical: A Gente Canta Padilha
Teatro Martim Gonçalves (Escola de Teatro da UFBA, Avenida Araújo Pinho, nº 292, Canela, CEP 40110-150, Salvador BA, Telefone – 71 3283-7853)
Temporada experimental gratuita (senhas a partir das 19h na bilheteria do teatro) – de quinta-feira a domingo, de 26 de agosto a 5 de setembro, às 20h
Blog do espetáculo – www.cantapadilha.blogspot.com

Read Full Post »

Começará a oficina Contadores e Contamores de História, atividade integrante do projeto de montagem de Sebastião, espetáculo solo do ator Fábio Vidal, que também ministrará as oficinas, primeiro em São Sebastião do Passé e depois em Salvador. As atividades têm carga horária de 9h e vão ser ministradas gratuitamente para 20 pessoas, de 18 a 20 de agosto.
O objetivo deste curso é oferecer campo expressivo para que venham à tona nossas experiências, estórias, nosso passado e nossa imaginação, que são os mananciais de cenas, personagens, enredos, intrigas, frases, pensamentos e mundos. Através de exercícios, jogos, análises e experimentações propiciar que estas estórias sejam narradas e vividas, buscando encontrar um ponto de intensidade do contador que efetive sua comunicação com a platéia.
A montagem Sebastião tem como ponto de partida e mote inspirador um fato inusitado, ocorrido na cidade baiana de São Sebastião do Passé, no dia 14 de março de 2007, quando um avião de uma empresa de taxi aéreo caiu na localidade de Maracangalha com 5,6 milhões de reais. Os quatro ocupantes da aeronave morreram no local e todo o dinheiro que estava sendo levado da cidade de Petrolina para Salvador foi saqueado.
A peça que é uma realização da Território Sírius Teatro e Multi  Planejamento Cultural, patrocinada através do Prêmio Funarte de Teatro Myrian Muniz retratará todo o percurso dessa narrativa, através do olhar de vários personagens envolvidos nesta história. Capturados da realidade e compostos pela imaginação.
Sebastião conta a história de um cearense, chamado Sebastião, que se vê envolvido em uma trama de perseguição depois de participar do saque do avião. Esta encenação é uma teatralização de fatos reais que tratam sobre a natureza humana estabelecendo reflexões sobre o poder, o dinheiro, os direitos humanos e a ética.
Ensaios abertos
Os ensaios abertos começaram no dia 7 e prosseguirão nos próximos dias 14 e 21 de agosto, às 15h no Anexo do Teatro XVIII. A apresentação será seguida de bate-papo com os colaboradores do processo de montagem e o público presente. A primeira temporada do espetáculo em São Sebastião do Passé acontece nos dias 25 e 26 de agosto, às 15h, voltada para alunos da rede pública de ensino da cidade, e nos dias 27, 28 e 29 de agosto, sexta e sábado às 20h e domingo às 19h. Em Salvador , a temporada segue de 4 a 26 de setembro, sábados e domingos, às 20h.
Blog: www.sebastiaoemprocesso.blogspot.com

SERVIÇOS:
O QUE? Oficina Contadores e Contamores de História
QUANDO? 18 a 20 de agosto de 2010 (quarta a sexta)
ONDE? Casa de Cultura Maestro Manoel Gomes, em São Sebastião do Passé.
QUE HORAS? De 12h às 17h.
QUANTO? Gratuito.

ENSAIOS ABERTOS: Montagem Sebastião.
QUANDO? 14 e 21 de agosto (sábados).
ONDE? Anexo do Teatro XVIII, Pelourinho
QUE HORAS? 15h
QUANTO? Gratuito.

Read Full Post »

A Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) promove uma Oficina de Treinamento Profissional em Regência com o renomado maestro e professor francês Laurent Gay nos dias 24 (das 18 às 21h) e 25 (das 14 às 18h) de agosto, na Sala de Ensaios da orquestra no Piso C, Ala B do Teatro Castro Alves. Poderão participar músicos profissionais (quatro vagas) e semiprofissionais (20 vagas) mediante inscrição.
Durante a oficina, os músicos semiprofissionais serão ouvintes, já os profissionais interagirão diretamente com o regente e terão como material de estudo e para as atividades práticas três composições distintas: “O Pássaro de Fogo: Suíte (versão 1919)”, de Igor Stravinsky, a “Sinfonia nº. 7 em Lá maior, op.92” , de Ludwig Van Beethoven, e o “Concerto para Clarinete e Fagote em Si bemol maior”, de Carl Stamitz.
INSCRIÇÕES – As inscrições são gratuitas e serão realizadas entre os dias 16 e 20 de agosto via e-mail (osbatca@yahoo.com.br), telefone (71) 3117-4836 ou diretamente na Administração da OSBA no Piso B, Ala B do TCA. No ato da inscrição é necessário informar o nome completo, e-mail e telefone para contato. As vagas para ouvintes serão preenchidas por ordem de inscrição. Já para os músicos profissionais, além destes dados, é necessário também o currículo profissional para seleção a ser feita pelo gestor artístico da Osba, Ricardo Castro. A lista com os nomes selecionados será divulgada no site do TCA (www.tca.ba.gov.br) no dia 23 de Agosto.
Essa iniciativa da OSBA é inspirada em uma ação do Carnegie Hall, de Nova Iorque, que consiste em aproveitar a presença na cidade de regentes e solistas internacionais para promover atividades didáticas com os músicos locais. Em março deste ano, a Osba realizou a primeira Oficina de Treinamento Profissional, ministrada pelo pianista francês Dominique Merlet.

Read Full Post »

Com o objetivo de difundir a cultura e o aprendizado sobre o patrimônio histórico, o IPAC- Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia, autarquia vinculada à Secretaria de Cultura/ SECULT, lança oficialmente na próxima terça-feira, dia 17, data que se comemora o Dia do Patrimônio Cultural,  o projeto Visitas Guiadas aos monumentos integrantes do Programa de Desenvolvimento do Turismo / PRODETUR II.  A atividade é gratuita e os monumentos que poderão receber visitação pública orientada por técnicos da instituição até dezembro deste ano são: Palácio Rio Branco, Casa das Sete Mortes, Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Boqueirão, Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos e Igreja de Nossa Senhora do Pilar .
O Projeto Visitas Guiadas integra as ações de educação patrimonial do Plano de Reabilitação Participativo do Centro Antigo de Salvador – CAS, desenvolvido sob a coordenação da SECULT, através do Escritório de Referência para o CAS / ERCAS em parceria com a Prefeitura de Salvador, o Governo Federal e a UNESCO. O Projeto envolve parcerias entre órgãos públicos, a Arquidiocese de Salvador, as Irmandades do Rosário e do Pilar, além da Casa Pia e Órfãos de São Joaquim.  O Diretor Geral do IPAC, Dr. Frederico Mendonça acrescenta que essa ação “surgiu da necessidade de informar a população da importância da preservação dos nossos monumentos que foram restaurados com recursos do Ministério do Turismo, do Banco do Nordeste e do Governo da Bahia”.
A programação de visitas guiadas por técnicos responsáveis pelas obras de restauro dos imóveis e de seus bens móveis integrados da próxima terça-feira (17) abrange a Igreja de Nossa Senhora do Pilar e seu cemitério, às 9h; Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, às 11h e Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Boqueirão, às 14h30, no qual serão. Às 16 horas era realizada uma visita guiada à “Casa das Sete Mortes”, quando o IPAC assinará a devolução do imóvel restaurado a seus proprietários, a Casa Pia e Órfãos de São Joaquim, na presença de convidados do Ministério do Turismo, Banco do Nordeste e autoridades governamentais, civis e eclesiásticas.
A partir da primeira semana de setembro, as visitas guiadas aos monumentos serão realizadas uma quinta-feira por mês até dezembro deste ano, conforme programação:

Casa das Sete Mortes – 02.09 / 30.09 / 28.10 / 25.11, às 15h;
Igreja de N.Sra. da Conceição do Boqueirão – 09.09 / 07.10 / 04.11 / 02.12, às 15h;
Igreja de N.Sra. do Pilar – 16.09 / 14.10 / 11.11 / 09.12, às 09h;
Igreja de N.Sra. do Rosário dos Homens Pretos – 23.09 / 21.10 / 18.11 / 16.12, às 15h.

O Palácio Rio Branco apresenta uma programação específica de visitas guiadas por monitores auxiliados por técnicos da Fundação Pedro Calmon, através do Memorial dos Governadores, em parceria com o IPAC. Elas transcorrem todas as terças e quintas, às 10h e 15h, e sábados, às 13h30.
As visitas podem ser agendadas por grupos de até 40 indivíduos através dos telefones (71) 3117-6491/92 ou pelo endereço eletrônico visitasguiadas.ipac@gmail.com. No caso do Palácio Rio Branco, poderão ser agendadas pessoalmente, também, junto aos atendentes do Memorial dos Governadores.

Read Full Post »

As ações propostas pelo Plano de Reabilitação do Centro Antigo de Salvador, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através do Escritorio de Referência do Centro Antigo de Salvador (Ercas), ganham, mais uma vez, notoriedade nacional e internacional. Desta vez, a 3ª proposição do Plano será um dos temas apresentados e debatidos amanhã, dia 12, durante o 1º Colóquio Ibero-Americano – Paisagem cultural, patrimônio e projeto: Desafios e perspectivas, evento que começou na última segunda-feira, dia 9, em Belo Horizonte, Minas Gerais.
O Plano foi construído ao longo de dois anos e meio com metodologia participativa e democrática integrando mais de 119 representantes da sociedade civil, incluindo até a iniciativa privada, além dos poderes públicos municipais, estaduais e federais. O Ercas tem a participação de quatro ministérios do governo federal, seis secretarias estaduais do governo baiano, além de órgãos da prefeitura municipal da capital e a Unesco.
A 3ª Proposição trata da ‘Preservação da área da encosta do frontispício’ de Salvador.  Durante décadas, a encosta ou falha geológica com cerca de 70 metros de altura, surgida a partir de um grande terremoto – segundo especialistas em geologia – vem sendo descaracterizada por conta de ocupações irregulares e da destruição da mata nativa. O trecho da encosta situado no perímetro do Centro Antigo de Salvador, que compreende a região que vai da Gamboa ao Plano Inclinado da Calçada, soma uma área de 633 mil metros quadrados.
As intervenções propostas pela 3ª proposição têm o intuito de recuperar a encosta entre a Cidade Alta e Baixa, como espaço público aberto e valorizar os mirantes como área de contemplação da Baía de Todos os Santos. Um fator importante, que não foi esquecido pelo Plano, é a recuperação e inserção de novos transportes verticais de ligação entre a Cidade Alta e Baixa e a requalificação das vias que fazem a ligação do trecho. Estas melhorias irão permitir que a região obtenha um alto nível de visibilidade e acessibilidade.
As representantes do Ercas no evento, Eloá Mattos e Lucineide de Souza, já estão em Belo Horizonte participando das apresentações. As técnicas vão apresentar o Plano amanhã (12), último dia do colóquio.
Algumas das ações saíram do plano das ideias e estão sendo realizadas. Uma delas é a contratação de uma empresa para desenvolver o projeto do frontispício na falha geológica com remanejamento das famílias para o entorno. Além disso, está prevista a requalificação urbana do trecho Pilar-Taboão, com captação de recursos viabilizada pelo Ministério do Turismo. Outras informações sobre o colóquio são encontradas no site www.forumpatrimonio.com.br/paisagem .

SERVIÇO
O QUÊ: Apresentação da 3ª proposição do Plano de Reabilitação do Centro Antigo no 1º Colóquio Ibero-Americano – Paisagem cultural, patrimônio e projeto: Desafios e perspectivas
QUANDO: de segunda-feira (09) até quinta-feira (20)
ONDE: Belo Horizonte – Minas Gerais.

Read Full Post »

Read Full Post »

Older Posts »