Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘cultura popular’

Foto: Genilson Coutinho

Centro histórico vira tapete vermelho para saudar uma das mais populares santas católicas. Festa é sincrético com tradições afro baianas. Missa, procissão e programação festiva inicia o ciclo de manifestações populares da temporada de verão na capital baiana.

Foto: Genilson Coutinho

Reconhecida oficialmente em dezembro de 2008, através de decreto publicado no Diário Oficial do Estado e assinado pelo governador Jaques Wagner, como patrimônio imaterial da Bahia, a Festa de Santa Bárbara é uma manifestação religiosa existente em Salvador há mais de 300 anos, ao longo dos quais se manteve viva e dinâmica.

Foto: Genilson Coutinho

Hoje, a festa já está oficializada como bem cultural intangível e inserida no “Livro de Registros Especiais de Eventos e Celebrações” do Estado da Bahia. A homenagem à santa acontece no Centro Histórico de Salvador (CHS), no dia 4 de dezembro, iniciando o ciclo de manifestações populares da temporada de verão na capital baiana.

Foto: Genilson Coutinho

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Com quantas pessoas se faz um espetáculo circense? Para o palhaço Tiziu, basta uma. Em O Circo de Um Homem Só, ele vai além das performances típicas de um palhaço e arrisca números de malabarismo, acrobacia, equilibrismo e ilusionismo. Entre um número e outro, deixa escapar sua habilidade duvidosa para tantas funções, o que confere um tom cômico ao espetáculo. As trapalhadas do personagem, interpretado pelo ator e diretor João Lima, serão apresentadas gratuitamente em praças públicas e instituições de Salvador nos meses de maio e junho, com patrocínio da Fundação Nacional de Arte.
Locais de exibição:

Praça Dois de Julho
Dias 1 e 2 de maio – 16h

Escola Picolino de Artes do Circo
6 de maio – 16h

Parque Pituaçu
15 e 16 de maio – 16h

Praça Thomé de Souza
21 de maio – 9h e 16h

Projeto Fome de Circo
23 de maio – 16h

Largo do Papagaio
29 e 30 de maio – 16h

Praça da Piedade
4 de junho – 9h e 16h

Abrigo Dom Pedro II
6 de junho – 16h

Praça Marechal Deodoro
11 de junho- 9h e 16h

Circo Arte Alegria
13 de junho – 16h

Parque Lagoa do Abaeté
19 e 20 de junho – 16h

SERVIÇO
O que: O Circo de Um Homem Só
Quando: Meses de Maio e Junho
Onde: Em vários pontos de Salvador-Ba
Quanto: Gratuito
Classificação: Livre

Read Full Post »

O Centro Cultural Plataforma em parceria com o Fórum de Arte e Cultura do Subúrbio promove o PLATAFORMA DE TALENTOS. O projeto acontece sempre nas últimas quartas-feiras de cada mês com o envolvimento dos grupos e artistas da região do Subúrbio Ferroviário e adjacências.
O evento tem a finalidade de catalogar a produção cultural existente no Subúrbio de Salvador, aproximando os grupos culturais da comunidade. Os grupos participantes serão avaliados por uma comissão de técnicos e artistas, atuantes no cenário baiano, que estará disponível para dar dicas de como aprimorar o trabalho apresentado. Também é intuito do Plataforma de Talentos estimular a formação de platéia, contribuindo para o público ampliar o seu olhar sobre a obra artística (ver o trabalho que há por detrás da cena já pronta).
Nos primeiros encontros serão avaliadas as atrações que irão integrar o 4º Festival de Artes Caldeirão Cultural, a ser realizado entre os dias 08 e 20 de junho de 2010. Cada grupo terá 10 minutos para apresentar o trabalho com o qual deseja participar do Caldeirão. A idéia, de acordo com a coordenação do Centro Cultural, não é selecionar, mas contribuir para o desenvolvimento técnico dos grupos através da avaliação e das orientações oferecidas pelos técnicos da comissão.

SERVIÇO

Onde: Centro Cultural Plataforma, Praça São Brás S/N, PlataformaQuando: 28 de Abril de 2010, das 14 às 18hs
Quanto: Grátis
Realização: Fórum de Arte e Cultura do Subúrbio Ferroviário de Salvador / Centro Cultural Plataforma | FUNCEB
Tel.: (71)3117-8106
E-mail: ccultura.plataforma@funceb.ba.gov.br

Read Full Post »

Read Full Post »

Considerado por muitos críticos a melhor obra de Jorge Amado, A Morte e a morte de Quincas Berro D’Água ganha a primeira adaptação para o cinema pelas mãos do diretor e roteirista Sérgio Machado (Cidade Baixa) . O romance já foi traduzido para 21 idiomas e, só no Brasil, já vendeu mais de 3 milhões de exemplares – se tornando a segunda obra mais vendida do escritor baiano no País. Quincas Berro D’Água – pseudônimo do ex-funcionário público Joaquim Soares da Cunha – é o líder de uma turma de malandros de Salvador que tem o azar de falecer na madrugada do dia em que completaria 72 anos.  Mas, como para esse grupo a morte é apenas um detalhe, Quincas ainda vai aprontar muita coisa antes de morrer pela segunda vez.
O romance de Jorge Amado é uma crítica azeda aos comportamentos burgueses, numa Bahia composta por duas sociedades paralelas e que quase nunca se encontram. Para o filme, o personagem de Quincas ganhou um intérprete de peso: o ator Paulo José. Dividem a cena com Paulo, Marieta Severo, Mariana Ximenes, Vladmir Brichta, Flávio Bauraqui, Irandhir Santos, Luis Miranda e Frank Menezes, além das participações especiais de Milton Gonçalves, Othon Bastos, Walderez de Barros e Carla Ribas.
Site oficial: www.quincasberrodagua.com.br

CABINE DE IMPRENSA QUINCAS BERRO D’ÁGUA
Data: 28 de abril de 2010 (quarta-feira)
Horário: 12h
Local: UCI Orient Iguatemi (Shopping Center Iguatemi)

COLETIVA DE IMPRENSA E ENTREVISTAS COM DIRETOR E ELENCO
Data: 28 de abril de 2010 (quarta-feira)
Horário: 15h
Local: Hotel Sol Victória Marina (Av. Sete de Setembro, nº 2068)
Credenciamento: (71) 3261-2179 / 9148-9325 / davi@selmasantos.com.br

Read Full Post »

Com investimento total de R$ 56,8 milhões, a Funarte e o Ministério da Cultura acabam de lançar 34 editais de fomento às áreas de teatro, dança, circo, artes visuais, fotografia, música, literatura, cultura popular e arte digital. Serão concedidos mil prêmios e bolsas de até R$ 260 mil, para projetos de produção, formação de público, pesquisa, residências artísticas, apoio a festivais e produção crítica sobre arte.
Foram lançadas as novas edições dos prêmios Myriam Muniz (teatro), Klauss Vianna (dança) e Carequinha (circo) e da Rede Nacional Artes Visuais – que estão entre as principais políticas públicas para as artes no Brasil. O apoio à literatura, à criação em música erudita e à circulação de música popular também está mantido. Além disso, muitas inovações garantem espaço para novos formatos e novas interações estéticas no país.
Leia mais

Read Full Post »

Read Full Post »

A lista dos cerca de 300 trabalhos individuais e mesas coordenadas selecionados para apresentação no VI Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura – VI Enecult já está disponível para consulta no blog enecult.wordpress.com. Este ano, o evento recebeu uma média de 560 submissões, entre comunicações individuais e mesas coordenadas, originadas de 22 estados brasileiros e Distrito Federal, bem como de outros países (Argentina, Colômbia, Espanha e Moçambique). Os autores das propostas aprovadas devem efetuar o pagamento das inscrições até o dia 23 deste mês, pelo site www.enecult.ufba.br. Os valores são R$30 para graduandos, R$75 reais, para pós-graduandos e R$150 para profissionais, professores e pesquisadores. As inscrições também estão abertas para a categoria de ouvinte.
O VI Enecult ocorre entre os dias 25 e 27 de maio, na Reitoria da UFBA (Canela) e na Faculdade de Comunicação (Campus de Ondina), em Salvador – Bahia. Além da apresentação de trabalhos, constam da programação, palestras e mesas-redondas  com renomados profissionais e téoricos da área cultural e lançamento de livros. Informações pelo telefone 71 3283 6198, ou pelo email cult@ufba.br.

Read Full Post »

A exposição “Alagoa de Paula”, é composta de cerâmicas e pinturas em acrílico. O título da exposição faz referencia a cidade onde Paula nasceu e viveu sua infância (Alagoa Grande PB.), “Alagoa é um trocadilho, é a minha cidade natal e simboliza também o meu universo, a minha lagoa”.
Considerada como pintora naif  por uns, ou artista popular por outros, Paula não se preocupa com as classificações e segue com uma pesquisa livre de escolas e tendências, seu trabalho é um convite ao lúdico na arte e um mergulho em seu universo.
A artista também homenageia personalidades do nordeste como as ceguinhas do Ganzá da feira de Campina Grande, Izabé da loca, conhecida tocadora de pífano e o pesquisador da arte popular Câmara Cascudo além de personalidades anônimas como o rezador, o budegueiro, entre outros. A exposição foi comtemplada pelo edital Portas Abertas para a arte visual da FUNCEB.

Abertura
16 de Abril de 2010 às 19h
Visitação
19 de abril a 14 de maio de 2010
Segunda a sexta, das 9h às 18h
Local
Centro de Cultura Antônio Carlos Magalhães
Praça Duque de Caxias, s/n, Jequiézinho

Read Full Post »

Older Posts »