Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘livros’

Autora fará lançamento de 30 títulos voltados aos leitores infantis

Palco dos principais eventos culturais da Ilha de Itaparica, a Biblioteca Juracy Magalhães Júnior, da Fundação Pedro Calmon/SecultBa, realizará no dia 19 março (sábado), às 19h, o lançamento de 30 livros da coleção de livros infantis Trabalhando Valores (Editora Ética SP), da escritora Reinalice Pereira dos Santos. A coleção é composta por 80 livros paradidáticos e tem como objetivo o desenvolvimento da leitura crítica do público infanto-juvenil, através de temas como: acessibilidade, educação no trânsito, racismo, meio ambiente, valores morais, cidadania e questões étnico-raciais.
A Editora informa que “os livros abordam temas atuais que auxiliam crianças e adolescentes na construção do caráter, buscando assim torná-los cidadãos conscientes e responsáveis consigo mesmo e com o mundo em que vivem”. As obras estão disponíveis para o púbico até o dia 31, através de uma exposição que a biblioteca oferece para os freqüentadores do espaço cultural mais badalado de Itaparica. No dia 30, às 10h e 15h, Reinalice Pereira volta à biblioteca e dessa vez para contar histórias para o público de todas as idades.
A paisagem que inspirou boa parte das histórias da escritora foi a Bahia de Todos os Santos. “A maioria das histórias foram criadas no momento em que eu fazia a travessia Itaparica – Salvador. O mar, as pessoas e o cenário despertaram a minha imaginação”, conta Reina, como é chamada pelos amigos e leitores. A escritora também revela que costuma inventar seus personagens a partir de causos que ela escuta pelas ruas, principalmente aqueles narrados pelas crianças.  “Uma viagem de uma sobrinha minha para fazenda, acabou virando o livro “A fazenda do meu avô”, conta. As obras de Reinalice Pereira seguem a lógica dos livros infantis e procuram sempre trazer uma lição de vida no final de cada história. A autora destaca que em A negra Lourdes, por exemplo, mostra que pessoas pobres, quando buscam estudar e trabalhar com fé e esperança, conseguem vencer os obstáculos da vida.
Reinalice Pereira dos Santos – Nasceu em Ruy Barbosa e atualmente reside na Ilha de Itaparica. Sua carreira literária começou após ter concluído um curso de datilografia, e a partir daí, descobriu o prazer de escrever. Já conta com mais de 60 histórias já publicadas e outras dezenas ainda por publicar, além de outras obras literárias em andamento. A escritora é a atual presidente da Associação Beneficente União de Mulheres de Ponta de Areia (Itaparica) – ABUMPA. Entre as suas obras estão: A Aventura de Tico, A colheita, A fazenda do meu avô, A metamorfose, A negra Lurdes, Aniversário esquecido, As olimpíadas na floresta, O planeta água.

Serviço:
O que: Lançamento da Coleção Trabalhando Valores
Onde: Biblioteca Juracy Magalhães Júnior – Rua Ruy Barbosa, s/n – Centro, Itaparica
Quando: Lançamento – Dia 19 (sábado), às 19h. Exposição das obras da autora – De 10 a 31, das 8h às 17h. Contação de histórias – Dia 30, às 10h e 15h
Entrada: Grátis
Contato: (71) 3631-1636 /3631-2955

Anúncios

Read Full Post »

A última edição da Feira de Livros Vão das Letras de 2010, promovida pelo Núcleo do Livro, Leitura e Literatura da Fundação Pedro Calmon/SecultBa, em parceria com o Teatro Castro Alves e a Câmara Bahiana do Livro (CBaL), ocorrerá no dia 19 de dezembro, das 12h30, às 18h, no Vão Livre do TCA (Campo Grande). O evento trará uma variedade de livros com preços especiais de final de ano, além de uma programação cultural, voltada  para a promoção da música, do livro e de autores baianos.

No local, o público também terá acesso a artesanato do Bazar da Rampa. A entrada é gratuita e aberta a toda família. A Feira acontecerá junto ao projeto Domingo no TCA que, neste dia, trará o Balé Teatro Castro Alves, apresentando a montagem “À Flor da Pele”, na Sala Principal, às 11 horas, com ingressos a R$ 1 (inteira), sendo vendidos no mesmo dia, a partir das 9 horas, com o acesso imediato do público.

A abertura da Feira será com o show instrumental do grupo Viola de Arame, que apresentará ao público um repertório que passeia pelos ritmos e melodias do samba chula, do pagode de viola, do baião, do choro, e ainda outras fusões inusitadas, através de releituras de temas populares e de composições próprias. Os músicos multi-instrumentistas, Júlio Caldas e Cássio Nobre, apresentam neste trabalho alguns dos resultados de suas experiências com a viola caipira (ou viola de arame).

Escritores – Para o momento da Conversa com o Escritor, o NLLL convidou quatro artistas da palavra, que falarão sobre suas vivências criativas e participação em concursos literários. Os escritores que estarão em contato com o público serão Goulart Gomes, Marcus Vinícius, Lucas Jerzy e Rafael dos Prazeres, autores que têm em comum o fato de todos terem ganhado prêmios no Estado do Paraná em 2009.  Marcus Vinícius ficou em primeiro lugar no Concurso Nacional de Contos Newton Sampaio – 2009, da Secretaria de Cultura do Paraná, com o conto: A omoplata. Neste mesmo concurso, Lucas Jerzy foi indicado para menção honrosa, com o conto: Os galos. Já Goulart Gomes e Rafael dos Prazeres foram contemplados no Concurso Nacional de Poesia Helena Kolody 2009, da mesma Secretaria, com menção honrosa, com os poemas: Pluvial (Goulart) e Hipertexto de Fidelidade (Rafael).

A Feira é uma realização do Núcleo do Livro, Leitura e Literatura da Fundação Pedro Calmon/SecultBa, em parceria com  o Teatro Castro Alves e a Câmara Bahiana do Livro (CBaL). No Vão das Letras, os soteropolitanos encontrarão exposição de livros das livrarias RV Quadrinhos e Mídia Louca, além das editoras Grupo Editorial Record, Edufba e os Sebos Cantinho da Pituba e Sebo Praia dos Livros, entre outros. Outras editoras e escritores independentes interessados em comercializar suas obras no local, devem procurar a CBaL para confirmar sua presença.

Serviço:

O que: Feira de Livro Vão das Letras
Onde
: No Vão Livre do Teatro Castro Alves – Campo Grande
Quando: Dia 19 de dezembro (domingo), das 12h às 18h
Quanto
: Grátis
Contato: (71) 3116-6677

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

O Vão Livre do Teatro Castro Alves receberá no dia 17 de outubro (domingo), das 12h às 18h, a “Feira de Livros Vão das Letras”, um projeto do Núcleo do Livro, Leitura e Literatura da Fundação Pedro Calmon/Secult, em parceria com a Câmara Bahiana do Livro (CBaL) e o Teatro Castro Alves. O evento contará com um acervo variado de livros, tanto de literatura como científicos e infanto-juvenis. Durante a Feira, a Biblioteca de Extensão estará presente com livros, jornais e revistas à disposição dos leitores.
 
Segundo a coordenadora do NLLL, Lúcia Carneiro, esta edição do Vão das Letras trará novidades, tais como a presença de dois Sebos, que comercializarão seus livros a preços especiais; venda de artesanato, estande para trocas de livros e BookCrossing.  “No BookCrossing  as pessoas deixam livros em locais públicos, para que outros possam encontrar, ler e depois deixar o livro livre,  assim o maior número de leitores terão acesso ao conhecimento. Levaremos  esta prática para a Feira”.  A coordenadora também destaca a troca de livros. “Quem tem livro em casa e deseja trocar por outro terá uma boa oportunidade para fazer escambo, prática rara nos dias atuais”.
 
Programação – Às 12h30, Conversas em Vão – recital livre de poesia.  Poetas de diversos grupos literários de Salvador poderão declamar seus versos e mostrar seus trabalhos aos leitores interessados. Às 15h, o escritor Lima Trindade participará da Conversa com o escritor, um bate-papo descontraído que terá a mediação dos escritores Mayrant Gallo e Dênisson Padilha Filho.
 
Lima Trindade é Mestre em Letras pela UFBA e tem publicados os livros Supermercado da solidão (novela), Todo o Sol mais o Espírito Santo (contos) e Corações blues e serpentinas (contos). É também editor do site cultural Verbo 21, de Salvador, no ar desde 1997.
 
Às 17h,  será a vez do grupo de RAP Opanijé, que possui um estilo próprio de Hip Hop, com letras que exaltam a cultura negra e a ancestralidade africana. A banda une o que há de mais contemporâneo nas tendências musicais como: samplers, efeitos e batidas eletrônicas, ao que temos de mais tradicional na cultura afro-baiana, como o uso de berimbaus, instrumentos percussivos e cânticos de Candomblé, transformando fé, aprendizado, amizade e consciência em música.
 
Livros – A Feira reunirá editoras e livrarias para a comercialização de obras a preços reduzidos, artistas da cena literária e musical baiana. Na Feira de Livros, o público, formado por pessoas de todas as idades, encontrarão obras de diversos gêneros literários, entre infanto-juvenis, romances e clássicos da literatura, em estandes das Livrarias Galeria do Livro, RV Quadrinhos, Livraria LDM e Mídia.  E das Editoras Mídia Louca, Grupo Editorial Record, Edufba e dos Sebos Cantinho da Pituba e Sebo da Praia.
 
 
Serviço:
 
O que: Feira de Livro Vão das Letras 
Onde: No Vão Livre do Teatro Castro Alves – Campo Grande
Quando: Dia 17 de outubro (domingo), das 12h às 18h 
Quanto: Grátis 
Contato: (71) 3116-6677

Read Full Post »

No dia 21 de agosto (sábado), às 16h, o stand da Bahia receberá os três mais importantes ativistas pela literatura da periferia, no Brasil. Um sarau reunirá Nelson Maca, do Coletivo Blacktude – Bahia, Sergio Vaz, da Cooperifa – SP e o rapper Gog, de Brasília – DF. Os três mostrarão as ações que realizam em seus Estados para a difusão da leitura e estímulo à produção literária por jovens da periferia. Já no dia 22 (domingo), às 16h, será o lançado do livro Histórias de Negro, do historiador Ubiratan Castos de Araújo. Os contos presentes neste livro apresentam personagens que a máquina do escravismo e do racismo tentou triturar com maior ou menor intensidade e sucesso, mas o leitor não encontrará um mero rosário de lamentações. São homens e mulheres que reagem, negociam, resistem, atacam, se juntam solidários, às vezes vencem, outras perdem, raramente desistem.

Uma iniciativa da Secretaria de Cultura da Bahia, através da Fundação Pedro Calmon, e da Câmara Bahiana do Livro garantirá mais uma participação do Estado em um evento literário nacional. Desta vez, a literatura produzida na Bahia estará presente na XXI Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontecerá no Pavilhão de Exposições do Anhembi, entre os dias 12 e 22 de agosto.
Os números do evento impressionam: serão 350 expositores, ocupando um espaço de 60 mil metros quadrados, que receberá um público estimado em 700 mil pessoas. A Bienal do Livro de São Paulo é realizada pela CBL (Câmara Brasileira do Livro) e organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado.
Para representar as letras da Bahia, a Câmara Bahiana do Livro selecionou cerca de 500 títulos, entre romances, cordéis, contos e poesia. “Estamos levando o melhor da produção editorial da Bahia”, afirma Aurélio Schommer, presidente da Câmara. Entre os temas, estão livros de arte, patrimônio, religião, cultura afro-brasileira, entre outros.

Serviço:
O que: Livros da Bahia na XXI Bienal Internacional do Livro de São Paulo
Onde: Parque de Exposições do Anhembi – SP
Quando: de 12 a 22 de agosto de 2010.  Sarau Literatura da Periferia, com Nelson Maca, Sergio Vaz e Gog (dia 21/08, às 16h).   Lançamento do livro Histórias de Negro do historiador Ubiratan Castos de Araújo (dia 22/08, às 16h)

Read Full Post »

Older Posts »