Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘rock’

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »


A 12ª edição do evento cultural da cena alternativa soteropolitana: o DARKTRONIC acontece em quatro noites dentro da programação “Tô no Pelô”, pelo programa Pelourinho Cultural. Nos dias 6 e 13/10 no Largo Pedro Arcanjo e nos dias 9 e 16/11/2010, no Largo  Tereza Batista, Pelourinho, o público poderá curtir o melhor do rock e da música eletrônica.

Concebido em 2004 pela Raven Produções, com o objetivo de explorar a temática gótica, congregando em um único espaço Djs e bandas, para tocar desde o rock a música eletrônica, seis anos e 11 edições depois o evento já possui uma longa estrada de realizações: conquistou um público fiel, reunindo em um único local, amantes da temática gótico/dark, apreciadores de música eletrônica e do rock, consumidores de arte e afins, além de curiosos; agregou novos estilos musicais e outras manifestações artísticas, como projeção de vídeos, performances circenses, instalações, entre outras, consolidando-se um evento multicultural e multimídia; alcançou destaque local, regional e nacional.

Para celebrar esta trajetória de sucesso, os produtores do evento, com o apoio financeiro do IPAC, Fundo de Cultura (Lei 9431/2005), Governo do Estado da Bahia: Secretaria da Fazenda/Secretaria de Cultura, prepararam uma edição comemorativa no Pelourinho, intitulada DARKTRONIC LIVE. Esta edição vem com um line up especial, reunindo uma série de artistas locais e de outros estados, além do palco principal o evento contará com um lounge multimídia, uma arena eletrônica para os DJs, performances de artes plásticas, poesia e zombie walk.

Serviço:

O Que: DARKTRONIC LIVE
Quando/ Onde:
09 e 16 de outubro (Praça Pedro Archanjo), 6 e 13/11/2010 (Praça Tereza Batista) – Pelourinho, Salvador/BA
Horário: 14h
Quanto: Acesso Gratuito – Para estão edição não serão cobrado pelos ingressos, os mesmo serão trocados por uma mídia musical ORIGINAL (CD, DVD, VINIL), de qualquer estilo musical. Os ingressos podem ser trocados, a partir de 30/09, nos seguintes locais: Casa de Cinema: (71) 3334-4409 – R. Odilon Santos, 205, Rio Vermelho.
Mutantes: (71) 3012-3313 – R. da Forca 121, Largo 2 de julho.
Urbanorama: (71) 3335-3639 – Rua Oswaldo Cruz, 222, Rio vermelho.
Fúria Tattoo: (71) 3495-1836 – Travessa dos Barris, 45
Midialouca: (71)3334-2077 – Rua Fonte do Boi, 81, Rio vermelho.
Smile Stamps: (71)3322-1907 – Rua nova de São bento, nº 200, Centro.
Point do Rock: (71)3328-1624 – Shop Piedade 3º piso
Underground : (71)3328-5307 – Rua Carlos Gomes, 859, Centro.

 

Confira programação completa!

Mais informações:
www.darktronic.blogspot.com

 

Read Full Post »

O Largo Pedro Archanjo foi palco de uma festa da música instrumental. Na segunda edição do projeto Jazz no Pelô, quem subiu ao palco foi o instrumentista baiano Amadeu Alves e o grupo de rock pernambucano A Banda de Joseph Tourton. O projeto, que levará até novembro, a cada última quinta-feira do mês, ao Centro Histórico, atrações de jazz e da música instrumental, é uma parceria entre o Pelourinho Cultural, Programa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, e a Central Única das Favelas (Cufa) de Itapuã.
A noite de música teve início com o som surpreendente do compositor e instrumentista Amadeu Alves. Criado ao redor de sons como sambas de beira de praia e das festas de largo de Itapuã, Amadeu apresentou trilhas que conduziram o público a sensações inesperadas, pois a música mudava de rumo e de ritmo de forma que, ao se perguntar como havia ocorrido a mudança, era difícil perceber o exato momento. Uma platéia atenta e imersa no som que vinha dos variados instrumentos como violão, flauta, bandolim e atabaques parecia viajar junto com a trilha que se desenrolava.

Read Full Post »

Quatro baianos e um paulista atracaram em Salvador na última segunda-feira (23). Os “novíssimos baianos” da banda Os Barcos abrilhantaram a noite dos soteropolitanos com muito rock, jazz, blues e samba vindo diretamente de Vitória da Conquista. A banda foi a quarta atração a se apresentar pelo projeto Conexão Vivo na Sala do Coro, e o primeiro grupo do interior, dentre os três selecionados para subir ao palco nas próximas segundas.
Sob o comando de Marx Eduardo nos vocais e guitarra, Luca Oliveira no baixo, Ivan da Mata no piano, Netto Fernandes na bateria e a poderosa guitarra de Fernando Bernardino, a banda Os Barcos apresentou um estilo “rock ballad” regado ao bom samba. Com um repertório influenciado por The Beatles e Los Hermanos, as músicas, que são de autoria do grupo, foram aprovadas pelo público. “Os meninos são muito bons! Estou aqui porque a minha filha me trouxe, mas gostei tanto que já quero comprar um CD para mim”, empolga-se Rosália da Paixão, 51, corretora de imóveis.
E as velas continuam soprando a favor do grupo. “Este ano está sendo muito bom para nós. Em menos de uma semana já tocamos em dois grandes festivais e ainda vamos tocar nesta quinta-feira em um importante encontro”, comemora Marx Eduardo. O vocalista ainda afirmou que este foi o melhor show da banda em dois anos de apresentações.
Os Barcos navegam por uma onda de novas bandas que resgatam o rock dos anos 60 e fazem um novo som para um público cada vez mais diversificado. “Vitória da Conquista é historicamente conhecida pela música regional. O rock por lá era totalmente cover. Com o Conexão Vivo há mais oportunidade de surgirem bandas como a nossa”, celebra Marx.

Read Full Post »

OS BARCOS - Foto: Edna Nolasco

Uma mistura entre rock e jazz é o que irá mostrar o grupo Os Barcos, uma das três atrações do interior da Bahia selecionadas para participar do projeto Conexão Vivo na Sala do Coro. O show dos artistas de Vitória da Conquista será na próxima segunda-feira, dia 23, com a promessa de mostrar ao público um som original. Marx Eduardo (vocal e guitarra), Luca Oliveira (baixo), Ivan da Mata (piano), Fernando Bernardino (guitarra) e Netto Fernandes (bateria) explicam que o nome Os Barcos é uma referência à frase de Fernando Pessoa, “Navegar é preciso, viver não é preciso”, que segue o pensamento: “Viver não é necessário; o que é necessário é criar”.

Além do show no TCA, acompanhado de cachê e de toda a visibilidade que a apresentação inclui, os músicos selecionados pelo projeto ainda ganham a gravação do show em áudio e vídeo, um programa especial na Rádio Educadora e na emissora TVE e uma faixa garantida no CD Conexão Vivo na Sala do Coro que será lançado posteriormente em meio físico e virtual.

Serviço:
Conexão Vivo na Sala do Coro – show do grupo “Os Barcos”
Data: 23 de agosto [segunda-feira], às 20h
Valor: R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia), à venda na bilheteria do TCA, duas horas antes de cada espetáculo
Mais informações:
www.conexaovivo.com.br

Read Full Post »

Older Posts »