Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘TCA’

A última edição da Feira de Livros Vão das Letras de 2010, promovida pelo Núcleo do Livro, Leitura e Literatura da Fundação Pedro Calmon/SecultBa, em parceria com o Teatro Castro Alves e a Câmara Bahiana do Livro (CBaL), ocorrerá no dia 19 de dezembro, das 12h30, às 18h, no Vão Livre do TCA (Campo Grande). O evento trará uma variedade de livros com preços especiais de final de ano, além de uma programação cultural, voltada  para a promoção da música, do livro e de autores baianos.

No local, o público também terá acesso a artesanato do Bazar da Rampa. A entrada é gratuita e aberta a toda família. A Feira acontecerá junto ao projeto Domingo no TCA que, neste dia, trará o Balé Teatro Castro Alves, apresentando a montagem “À Flor da Pele”, na Sala Principal, às 11 horas, com ingressos a R$ 1 (inteira), sendo vendidos no mesmo dia, a partir das 9 horas, com o acesso imediato do público.

A abertura da Feira será com o show instrumental do grupo Viola de Arame, que apresentará ao público um repertório que passeia pelos ritmos e melodias do samba chula, do pagode de viola, do baião, do choro, e ainda outras fusões inusitadas, através de releituras de temas populares e de composições próprias. Os músicos multi-instrumentistas, Júlio Caldas e Cássio Nobre, apresentam neste trabalho alguns dos resultados de suas experiências com a viola caipira (ou viola de arame).

Escritores – Para o momento da Conversa com o Escritor, o NLLL convidou quatro artistas da palavra, que falarão sobre suas vivências criativas e participação em concursos literários. Os escritores que estarão em contato com o público serão Goulart Gomes, Marcus Vinícius, Lucas Jerzy e Rafael dos Prazeres, autores que têm em comum o fato de todos terem ganhado prêmios no Estado do Paraná em 2009.  Marcus Vinícius ficou em primeiro lugar no Concurso Nacional de Contos Newton Sampaio – 2009, da Secretaria de Cultura do Paraná, com o conto: A omoplata. Neste mesmo concurso, Lucas Jerzy foi indicado para menção honrosa, com o conto: Os galos. Já Goulart Gomes e Rafael dos Prazeres foram contemplados no Concurso Nacional de Poesia Helena Kolody 2009, da mesma Secretaria, com menção honrosa, com os poemas: Pluvial (Goulart) e Hipertexto de Fidelidade (Rafael).

A Feira é uma realização do Núcleo do Livro, Leitura e Literatura da Fundação Pedro Calmon/SecultBa, em parceria com  o Teatro Castro Alves e a Câmara Bahiana do Livro (CBaL). No Vão das Letras, os soteropolitanos encontrarão exposição de livros das livrarias RV Quadrinhos e Mídia Louca, além das editoras Grupo Editorial Record, Edufba e os Sebos Cantinho da Pituba e Sebo Praia dos Livros, entre outros. Outras editoras e escritores independentes interessados em comercializar suas obras no local, devem procurar a CBaL para confirmar sua presença.

Serviço:

O que: Feira de Livro Vão das Letras
Onde
: No Vão Livre do Teatro Castro Alves – Campo Grande
Quando: Dia 19 de dezembro (domingo), das 12h às 18h
Quanto
: Grátis
Contato: (71) 3116-6677

Anúncios

Read Full Post »

Read Full Post »

O Vão Livre do Teatro Castro Alves receberá no dia 17 de outubro (domingo), das 12h às 18h, a “Feira de Livros Vão das Letras”, um projeto do Núcleo do Livro, Leitura e Literatura da Fundação Pedro Calmon/Secult, em parceria com a Câmara Bahiana do Livro (CBaL) e o Teatro Castro Alves. O evento contará com um acervo variado de livros, tanto de literatura como científicos e infanto-juvenis. Durante a Feira, a Biblioteca de Extensão estará presente com livros, jornais e revistas à disposição dos leitores.
 
Segundo a coordenadora do NLLL, Lúcia Carneiro, esta edição do Vão das Letras trará novidades, tais como a presença de dois Sebos, que comercializarão seus livros a preços especiais; venda de artesanato, estande para trocas de livros e BookCrossing.  “No BookCrossing  as pessoas deixam livros em locais públicos, para que outros possam encontrar, ler e depois deixar o livro livre,  assim o maior número de leitores terão acesso ao conhecimento. Levaremos  esta prática para a Feira”.  A coordenadora também destaca a troca de livros. “Quem tem livro em casa e deseja trocar por outro terá uma boa oportunidade para fazer escambo, prática rara nos dias atuais”.
 
Programação – Às 12h30, Conversas em Vão – recital livre de poesia.  Poetas de diversos grupos literários de Salvador poderão declamar seus versos e mostrar seus trabalhos aos leitores interessados. Às 15h, o escritor Lima Trindade participará da Conversa com o escritor, um bate-papo descontraído que terá a mediação dos escritores Mayrant Gallo e Dênisson Padilha Filho.
 
Lima Trindade é Mestre em Letras pela UFBA e tem publicados os livros Supermercado da solidão (novela), Todo o Sol mais o Espírito Santo (contos) e Corações blues e serpentinas (contos). É também editor do site cultural Verbo 21, de Salvador, no ar desde 1997.
 
Às 17h,  será a vez do grupo de RAP Opanijé, que possui um estilo próprio de Hip Hop, com letras que exaltam a cultura negra e a ancestralidade africana. A banda une o que há de mais contemporâneo nas tendências musicais como: samplers, efeitos e batidas eletrônicas, ao que temos de mais tradicional na cultura afro-baiana, como o uso de berimbaus, instrumentos percussivos e cânticos de Candomblé, transformando fé, aprendizado, amizade e consciência em música.
 
Livros – A Feira reunirá editoras e livrarias para a comercialização de obras a preços reduzidos, artistas da cena literária e musical baiana. Na Feira de Livros, o público, formado por pessoas de todas as idades, encontrarão obras de diversos gêneros literários, entre infanto-juvenis, romances e clássicos da literatura, em estandes das Livrarias Galeria do Livro, RV Quadrinhos, Livraria LDM e Mídia.  E das Editoras Mídia Louca, Grupo Editorial Record, Edufba e dos Sebos Cantinho da Pituba e Sebo da Praia.
 
 
Serviço:
 
O que: Feira de Livro Vão das Letras 
Onde: No Vão Livre do Teatro Castro Alves – Campo Grande
Quando: Dia 17 de outubro (domingo), das 12h às 18h 
Quanto: Grátis 
Contato: (71) 3116-6677

Read Full Post »

Foto: Tiago Lima

Vestido de branco, chapéu de couro, Raimundo Sodré subiu ao palco da Sala do Coro do Teatro Castro Alves na noite de segunda-feira (20), pelo projeto Conexão Vivo. Acompanhado por seis músicos e duas backing vocal, o cantor, compositor e instrumentista levou o público ao delírio ao apresentar músicas inéditas, releituras de canções como Metamorfose Ambulante, de Raul Seixas, e ainda uma versão de Let It Be, dos Beatles. Tudo isso ao som do bom e tradicional samba-chula.
Mais informações: www.conexaovivo.com.br/saladocoro

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE SHOWS ATÉ NOVEMBRO
04/10 – Paulo Soares
18/10 – Vivendo do Ócio
08/11 – O Quadro
22/11 – Sandra Simões

Read Full Post »

Consagrado grupo japonês de dança contemporânea revela sua estética peculiar em “Tobari – Como num fluxo inesgotável” 

Foto: Divulgação

A Série TCA 2010 – Ano XV apresenta no dia 22 de setembro (quarta-feira) o grupo de dança contemporânea japonês Sankai Juku, que traz a Salvador o espetáculo “Tobari – Como num Fluxo Inesgotável”. Será a vez do público baiano conhecer a linguagem coreográfica do butô, marca da peculiar estética do Sankai Juku. O evento acontece na Sala Principal do Teatro Castro Alves, às 21h. Os ingressos (inteira) custam R$ 80 (filas A a P), R$ 60 (filas Q a Z) e R$ 40 (filas Z1 a Z11).

Criado na década de 1970, o grupo já visitou muitos países e é atualmente uma das companhias japonesas que mais se apresentam no exterior. Seu fundador, Ushio Amagatsu, é um dos responsáveis pela disseminação do butô, movimento cultural surgido na Japão dos anos 1950. Em “Tobari – Como num Fluxo Inesgotável”, os oito bailarinos evocam a relação com a natureza e com o cosmo.

Foto: Divulgação

 

O Sankai Juku é a segunda geração de dançarinos que trabalham com o butô, linguagem artística que lançou as bases para a abordagem da dança contemporânea japonesa a partir do final dos anos 1950 e surgiu como uma reação ao contexto sociocultural marcado pela repressão e agressão ocidentais do pós Segunda Guerra.

Série TCA – Realizada pela Secretaria de Cultura da Bahia, por meio da Fundação Cultural do Estado e do Teatro Castro Alves, a Série TCA está comemorando em 2010 seu 15º ano. Criado com o objetivo de inserir Salvador e a Bahia no circuito internacional de grandes espetáculos, o projeto tem trazido para a Sala Principal do TCA alguns dos mais renomados artistas e companhias de dança, música e teatro do mundo. 

Serviço: 


O Que: Sankai Juku – “Tobari – Como num Fluxo Inesgotável”. Série TCA 2010 – Ano XV
Quando: 22 de setembro (quarta-feira), às 21h
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves.
Quanto: Os ingressos (inteira) custam R$ 80 (filas A a P), R$ 60 (filas Q a Z) e R$ 40 (filas Z1 a Z11).
 

 

Read Full Post »

O vão livre do Teatro Castro Alves receberá no dia 17 de outubro (domingo), das 12h às 18h, a Feira de Livros Vão das Letras, um projeto do Núcleo do Livro, Leitura e Literatura da Fundação Pedro Calmon/Secult, em parceria com a Câmara Baiana do Livro (CBaL) e o Teatro Castro Alves. Nesta edição, o evento literário promoverá a integração de livros, literatura, poesia, música e intervenções artísticas em um espaço destinado a toda família. Durante a feira, a Biblioteca de Extensão estará presente com livros, jornais e revistas a disposição dos leitores.

Esta edição do Vão das Letras trará novidades para os freqüentadores. Entre elas, a presença de diversos sebos com preços especiais de feira; um stand para trocas de livros e a venda de artesanato. Quem tem livro em casa e deseja trocar por outro terá uma boa oportunidade para fazer escambo, prática rara nos dias atuais.

Programação – As apresentações iniciam às 12h30, com Conversas em Vão – recital livre de poesia, na qual poetas de diversos grupos literários de Salvador poderão declamar seus versos e mostrar seus trabalhos, para os leitores interessados. Às 15h, o escritor Lima Trindade participará do projeto Conversa com o escritor, um bate-papo descontraído com leitores, através da mediação dos escritores Mayrant Gallo e Dênisson Padilha, que vão dialogar com o autor em torno da sua obra, do processo criativo e das suas expectativas no universo literário.

Lima Trindade é Mestre em Letras pela UFBA e tem publicados os livros Supermercado da solidão (novela), Todo o Sol mais o Espírito Santo (contos) e Corações blues e serpentinas. É também editor do site cultural Verbo 21 em Salvador, Bahia.

As 17h, será a vez do grupo de RAP Opanijé, com a proposta de fazer um estilo próprio de Hip Hop, com letras que exaltam a cultura negra e a ancestralidade africana. A banda une o que há de mais contemporâneo nas tendências musicais, como: samplers, efeitos e batidas eletrônicas ao que temos de mais tradicional na cultura afro-baiana, como o uso de berimbaus, instrumentos percussivos e cânticos de Candomblé, transformando, fé, aprendizado, amizade e consciência em música.

Livros – A Feira reunirá editoras para comercialização de obras a preços reduzidos, artistas da cena literária e musical baiana. Na Feira de Livros, o público, formada por pessoas de todas as idades, encontrarão obras de diversos gêneros literários, entre infanto-juvenis, romances e clássicos da literatura, em stands expostos pelas editoras Galeria do livro, RV Quadrinhos, Livraria LDM, Grupo Editorial Record, Edufba, Mídia Louca, entre outras.

Serviço:

O que: Feira de Livro Vão das Letras
Onde: No vão livre do Teatro Castro Alves – Campo Grande
Quando: Dia 17 de outubro, das 12h às 18h
Quanto: Grátis
Contato: (71) 3116-6677

Read Full Post »

O projeto Domingo no TCA, que desde 2007 apresenta grandes espetáculos com ingressos ao preço popular de R$ 1,00, recebe no dia 12 de setembro, domingo, às 11 horas da manhã, o Balé Teatro Castro Alves (BTCA) com seu mais novo espetáculo “A quem possa interessar”, uma coreografia de Henrique Rodovalho, sob a coordenação de Jorge Vermelho, gestor artístico da companhia. Os ingressos serão vendidos no dia do espetáculo, a partir das 9 horas, com acesso imediato do público.

Um dos mais respeitados profissionais da área no Brasil e diretor artístico da Quasar Cia de Dança, de Goiás, Rodovalho realizou o trabalho de criação de “A quem possa interessar” a partir de um exercício coletivo em que os bailarinos do BTCA foram incitados a resgatar suas trajetórias e experiências, ao mesmo tempo que incorporaram os conhecimentos apresentados por Rodovalho, que possui uma vasta trajetória de pesquisa e trabalhos não só no Brasil, como em Portugal, Holanda, Inglaterra e México. Sobre este trabalho, Rodovalho comentou que estabeleceu um pensamento norteador voltado para “o bem estar, o prazer e a alegria, elementos que devemos apreciar e sentir aqui e agora”.

Domingo no TCA – Um dos destaques entre os projetos do TCA, o Domingo no TCA estreou em março de 2007 e, desde então, tem apresentado espetáculos de música erudita e popular, dança, teatro, circo e cinema com ingressos ao preço popular de R$ 1, nos domingos pela manhã. Oportunidade para uma grande parcela da população entrar pela primeira vez no TCA, o projeto valoriza artistas e produções baianas, que compõem praticamente toda a programação do projeto. Desde a estreia até julho de 2010, o projeto contou com cerca de 40 edições, contando com um público de mais de 48 mil pessoas.

Interatividade – Seguindo este espírito de coletividade e troca de experiências, a atual gestão do BTCA intensificou a política de acessibilidade e intercâmbio com profissionais que não integram a companhia. Durante o processo de elaboração de “A quem possa interessar” foi lançado o projeto Observatório de Criação, que possibilitou a bailarinos e coreógrafos acompanharem o cotidiano do BTCA. Houve também uma edição do projeto Conversas Plugadas com o próprio Henrique Rodovalho. Criado em 2007, o projeto tem como objetivo de reunir profissionais de destaque no cenário artístico nacional e internacional para uma troca de experiências com o corpo técnico do TCA e com o público em geral.

Aconteceu, ainda, o Workshop de Figurino com Márcia Ganem, figurinista de “A quem possa interessar”. Foram programados aulas e ensaios abertos, e uma edição especial do projeto DancInforma, em que os bailarinos do BTCA e os alunos da Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado (Funceb) promovem um debate acerca dos vários aspectos da criação e produção.

SERVIÇO:

O quê: Projeto Domingo no TCA – BTCA “A quem possa interessar”
Onde:
Sala Principal do Teatro Castro Alves
Quando:
12 de setembro, às 11 horas 
Ingressos (inteira):
R$ 1,00 – À venda no mesmo dia, a partir das 9 horas.\
ACESSO IMEDIATO DO PÚBLICO

Read Full Post »

Older Posts »